Usar assunto Curioso ou Descritivo na mensagem de Autoresponder ?

O assunto do Email influencia a taxa de abertura e cliques





usar curiosidade no e-mailJá recebeu uma mensagem dessa? Você precisa ver isso !! ou essa Re: Estou chateado ou até mesmo essa enganosa Sua comissao esta te esperando !

O e-mail marketing por vezes é algo frio que se baseia em estatísticas onde oque importa é a quantidade de e-mails abertos e clicados. Técnicas são postas em ação para conseguir, dentre as muitas outras mensagens, a atenção do destinatário.




Há uma apelação muito grande nas mensagens atuais para o lado curioso do ser humano e o mais incrível é que as pessoas que usam desse artificio parecem ter comprado o mesmo curso porque inúmeras vezes encontramos assuntos repetidos.

Vamos ver neste artigo então um pouco mais desse tipo de mensagens e também analisar os assuntos descritivos, os que já revelam doque se trata o e-mail.


Um assunto menor e curioso consegue mais aberturas de e-mails



Em alguns testes consegui ver que mensagens menores realmente conseguem mais aberturas de e-mails. Depois de ler o livro E-mail marketing, que aliás recomendo bastante, comecei a prestar muito mais atenção aos números e digo eles realmente estão lá para ajudar. 

Mas nem tudo são flores pois ao fazer com que pessoas não interessadas no conteúdo do e-mail o abram, você esta correndo o risco de conseguir muito mais unsubscribers(pessoas que se descadastram da lista).

Não é uma matemática difícil. imagine você recebendo e abrindo quatro desses e-mail misteriosos e descobrindo que lá dentro não há nada que o interesse. Das duas uma, ou você não abre mais o e-mail daquela pessoa ou se descadastra da lista. Se você não for um desses super famosos do marketing digital que conseguem centenas de e-mails diariamente para sua lista, recomendo não abusar do uso da técnica da curiosidade pois pode ter resultados ruins a médio e longo prazo.

Os links dentro do e-mail misterioso, em relação ao descritivo, tende também a ter uma taxa de cliques baixa e vamos ver abaixo o porque disso.


Assunto descritivo tem links mais clicados e menos descadastrados



Esse tipo de assunto diz, antecipadamente, doque se trata o e-mail. Comparando aos assuntos curtos e intrigantes, menos pessoas o abrem dando a impressão que não é tao eficiente, mas isso não é verdade porque quem o abre tem algum interesse no tópico abordado e esta muito mais propicio a clicar nos links da mensagem.

Ele também ajuda a prevenir os descadastramentos, que ao meu ver é a grande vantagem, ainda mais se a lista não for tao segmentada. Não vale a pena ter leads que não se interessam pelo conteúdo, ok, não é oque esta em jogo pois a questão é que com apenas duas ou três mensagens em que o inscrito seja fisgado pela curiosidade e não encontrou valor no e-mail, pode se descadastrar, ou pior, não abrir mais as mensagens pois se sentiu enganado. 

É claro que cada caso é um caso e estamos falando aqui de um modo geral, mas o certo é que esse artigo é direcionado a pobres mortais que não se podem dar o luxo de ficar perdendo lead, batalham duro para construir sua lista e não aos super astros que conseguem muitos e-mails diariamente. Eles por exemplo, tem uma taxa de abertura muito maior já que o nome fala muito alto.


Clareza nas primeiras followups e curiosidade após ser conhecido




equilibrio nas mensagensEsse não é um artigo abominando o uso de uma técnica ou outra. A intenção é esclarecer que só porque somos bombardeados de e-mails com assuntos que nos deixam curiosos, não significa que devemos também usar essa técnica. Quem esta começando precisa tomar muito cuidado e valorizar a construção de seu nome primeiramente.

Os que usam da artimanha são peixes grandes e para eles, perder 50 ou 100 leads em um único envio não significa nada pois estão entrando outros 300.

A mescla entre os dois assuntos de e-mails pode ser interessante mas de inicio eu recomendo que se invista nas mensagens com assuntos bem definidos. As 10 primeiras mensagens tem que ser ótimas e tem o objetivo de entregar valor e tornar você uma figura conhecida para o lead.

Eu não sou a favor do extremo, então quando quero chamar o lead pela curiosidade uso uma mensagem em que ele possa ao menos ter uma idéia do que se trata. Ex: Seu blog nunca mais vai ser o mesmo depois dessa dica... Deixa a pessoa curiosa e ao mesmo tempo deixa claro que é uma dica para blog.


Acompanhar os cliques ajuda a saber que assunto mais agrada



De um modo geral estamos falando de agradar então uma dica interessante é você usar as estatísticas do autoresponder (tomara que o seu lhe ofereça esses números) para saber que tipo de assunto esta agradando mais. Dali você tem uma idéia de qual conteúdo precisa focar mais.

Seguindo o mesmo pensamento, você consegue ver quais mensagens não estão recebendo cliques e avaliar se é uma questão de mudar a abordagem ou diminuir o envio delas.

Mas se você quer ir logo ao ponto com seus leads, pode fazer uma pesquisa perguntando que conteúdo eles gostariam de receber mais frequentemente. Nosso autoresponder permite produzir uma página com questionamentos e enviar para a lista, mas se o seu não possibilita isso peça que responda a mensagem com sugestões.

É isso, gostaria de contar com sua experiência. Oque tem dado mais resultado para você? Qual seu modo de trabalhar o e-mail marketing ?
Espero seu comentário!







danilo soares trabalhador digital




 
Trabalhador Digital © 2016 - Danilo Soares